Fundação Otacílio Gama – Modificando histórias de vida

“A primeira vez que eu entrei na Fundação foi por causa de alguns amigos, eles treinavam aqui e sempre me chamavam para participar também. Muitas vezes eu disse que não, até que um dia eu aceitei e nunca mais sai daqui”, conta o atleta  e atualmente funcionário da Fundação, Anderson Lins.

Anderson nos contou um pouco de sua trajetória. Ele está na Fundação há 11 anos, durante este tempo muitos foram os aprendizados. “Eu vim para cá ainda criança, quando cheguei aqui eu dava muito trabalho em casa, na escola, não ficava parado nunca. Com o passar do tempo eu aprendi muita coisa com os professores, eles me ensinaram a respeitá-los, o que era certo e o que não era. Eu tinha tudo para está hoje fazendo o que não deveria, mas pelo trabalho realizado aqui eu sou uma pessoa melhor”.

Ele continua. “Desde o começo eu treinei futsal e passei nove anos assim, não faltava nenhum treino e tudo o que a professora falava eu obedecia. Quando fiquei adulto recebi a oportunidade de fazer alguns cursos como Auxiliar Administrativo e Auxiliar de Limpeza, por conta disso eu fui chamado para trabalhar aqui na Fundação como Auxiliar de Limpeza e já estou aqui há mais de dois anos”.

Para ele o trabalho realizado pela Fundação é muito importante para ajudar diversas crianças e jovens carentes. “Eu não sei o que seria de mim se  não estivesse aqui, só tenho a agradecer. O que fazem por todos nós é muito bom”.

Anderson também nos conta que faz a sua parte. “Eu estou aqui trabalhando, mas sempre que posso converso com os meninos, tento mostrar para eles o caminho certo, passar para eles tudo o que eu aprendi e isso é muito bom. Eu recebi essa chance e quero que todos eles tenham isso também”.