Atletas da Fundação Otacílio Gama viajam para Portugal

Na quarta-feira, 5 de outubro, os atletas da Fundação Otacílio Gama, José Wagner e Rodrigo Belo, viajaram para Portugal para estudar e treinar futebol. A oportunidade surgiu através de uma parceria entre a Fundação Otacílio Gama, a Associação Humanitária Beneficente do Recife, AHMAR e a Fundação portuguesa Padre Antônio Almeida. .

Os jovens serão acolhidos pelo Colégio 7 Fontes, localizado em Braga e também pelo time do Porto. “Tenho a responsabilidade de levá-los juntamente com os outros meninos escolhidos na cidade de Belo Jardim, Pernambuco. Pra mim, esses garotos receberam uma oportunidade única, que pode ser comparada a ganhar na Megasena”, explicou o padre Vicente Ferré.

Othamar Gama, presidente da Fundação Otacílio Gama, ressalta sua alegria com a viagem dos meninos. “Esse momento é a realização de um sonho. Os meninos, além de bons atletas são boas pessoas, educados, calmos, esforçados e isso contribuiu para que eles fossem escolhidos. Com essa oportunidade também estamos abrindo caminho para outros atletas da Fundação”.

O fundador da AHMAR, padre Tiaraju Dantas de Araújo também destacou sua satisfação. “A Fundação AHMAR está muito satisfeita de estar participando de tudo isso. É uma maravilha, uma graça de Deus. Tudo conspirou para que o convênio acontecesse e, certamente outros jovens também terão a mesma chance”.

A freira Hedith Gomes da Silva reforça a opinião do padre Tiaraju. “Ficamos muito felizes em participar deste momento. Esses meninos vão para lá estudar e a educação é a solução para eles. Agradecemos a Deus por estar dando tudo certo”.

Ansiedade e saudades

“A ansiedade está enorme, passei essas últimas semanas sem conseguir dormir direito, ficava só pensando nesse momento”, conta Rodrigo Belo.

“Nós vamos para lá mostrar porque fomos escolhidos. Vamos estudar e treinar muito, para que essa oportunidade seja aproveitada ao máximo”, afirmou José Wagner.

Dona Socorro Lira, mãe de José Wagner, não escondeu as lágrimas e relatou emocionada que a saudade já aperta seu coração.  “Estamos muito felizes com essa chance que eles estão recebendo, sabemos que é o melhor para eles. O coração de mãe está apertado, mas eu e toda a família sabemos que esse é o sonho dele. Nós agradecemos a Fundação Gama por tudo isso”.