Fundação Otacílio Gama realiza 1ª Mostra Musical

 

Uma noite de muita emoção e alegria. Foi assim que aconteceu na sexta-feira, 14 de dezembro, a 1ª Mostra Música da Fundação Otacílio Gama, no Teatro Lima Penante, em João Pessoa. Os alunos da Escola de Música realizaram apresentações contando um pouco da história do Natal, passando por vários ritmos brasileiros. “A ideia foi celebrarmos o Natal, contando um pouquinho da história natalina que nós conhecemos, mas também perpassar pelos ritmos do Brasil, indo do repertório popular ao erudito, tanto enaltecendo o baião como enfatizando a cultura erudita com a Ave Maria de Schubert”, afirma a professora da Escola de Música Publiana Martiliano.

A professora contou que esse foi um momento muito feliz para todos que participaram da construção dessa Mostra. “Hoje eu me sinto muito realizada e feliz por estarmos fazendo esse trabalho maravilhoso, no qual os alunos estão gostando, se sentindo integrados, familiarizados, e eu fico muito emocionada com isso”, conta.

Expectativas

Júlia Andressa afirmou que mesmo com o nervosismo esperava se divertir durante a apresentação. “Eu estou muito feliz com o que nós vamos fazer hoje, apesar de estar um pouco nervosa, nós vamos nos divertir muito, interpretando algumas músicas, e espero que todos gostem”.

A aluna Íris Fabíola estava feliz e cheia de expectativas para a apresentação. “Foi um pouco difícil pegar a parte da música Ave Maria, porque muda muito o tom, mas mesmo assim é uma sensação boa de estar apresentando ao lado de uma excelente professora e de todos os meus amigos”.

Experiência

Danilo de Assis entrou no palco confiante e disse que a música lhe dar liberdade. “Não é a primeira vez que me apresento no palco, mas sei que é uma experiência muito boa. A música representa muita coisa par a mim, ela me faz sentir livre, bem e a vontade com o que eu estou fazendo, sinto como se eu pudesse voar”.

A aluna Beatriz Gabrielly diz que a apresentação foi muito especial. “Foi muito emocionante a apresentação aqui no teatro e isso é muito importante para mim. A música para mim é tudo, e vir se apresentar e todo mundo aplaudir foi um momento especial”.

Emoção dos pais

Juliana Priscila é ex-aluna da Fundação e se emocionou ao ver sua filha se apresentando. “É muito gratificante ver a minha filha se apresentando aqui no teatro. Eu já fui aluna da Fundação, e hoje ela está aí é muito emocionante, porque a gente pensa que eles não têm esse poder, e quando vemos acabam emocionando todo mundo. Fico muito feliz por isso”.

Janaína de Melo destacou que a música é um diferencial na vida da sua filha. “Foi perfeito assistir minha filha se apresentando. Depois que ela entrou na Fundação a vida dela mudou muito, ela passa o dia todo estudando violão. E quando ela passou por um momento muito difícil na vida dela, a música fez uma diferença muito grande para ela”.